Ceremonials.

06 novembro, 2011
Conheci Florence + The Machine por causa de Glee, bem no comecinho desse ano. Não tenho vergonha de admitir (pra aqueles que acham que o tempo que você conhece algo te faz mais ou menos fã), simplesmente porque o amor que se seguiu a essa descoberta é muito grande.
De Glee eu desisti já (nunca gostei muito, só era curiosa demais pra largar.) mas a linda Florence Welch e sua máquina já ficaram, e vão continuar até quanto tempo mais for possível.
O primeiro álbum da banda, Lungs, foi lançado em 2009. O que significa que só tinha ele (e algumas músicas soltas pelo Youtube) pra eu amar e aproveitar o máximo possível... Até agora.
Em 31 de Outubro saiu oficialmente o Ceremonials. E eu achando que não podia amar a Flo ainda mais...
O estilo dela mudou um pouco com o CD novo. As músicas continuam maravilhosas, pesadas e profundas, talvez até mais do que as antigas. Mas não é só o estilo da música que mudou. A apresentação, roupas e cabelo também estão em transição, para algo mais sério. Ela até parece mais velha, nem parece ter 25 anos...



E eu não quero nem saber o que vai acontecer no mundo, mas no dia 24 de janeiro eu estarei no show dela aqui em São Paulo. Ela vai vir para o festival Summer Soul, e vai passar também pelo Rio de Janeiro e por Florianópolis.

Deixo um vídeo da minha (ainda) música favorita dela, do Lungs:



10 comentários on "Ceremonials."
  1. Quem não ama florence? No meu caso foi até pior: fiquei sabendo por um site de moda! my boy builds coffins ~adoro~

    Eu quero muito ir no show, acho que vai dar, só preciso segurar o dinheiro né haha
    bjs!

    ResponderExcluir
  2. Acho Florence bem estilosa e o cabelo é lindo. Porém eu não gosto muito das músicas.
    Bem, quanto ao tempo que você conhece uma banda te faz fã, eu não sei. Mas é bem triste quando você já gosta da coisa, daí por causa da modinha o povo acha que é mais fã que você. É complicado.
    Beeijo, Cerise.

    http://www.quasedescolada.com

    ResponderExcluir
  3. hewuorhweouirhew, eu confesso que acho estranho também :')
    Mas acho que é falta de costume, será? É que eu não vejo pessoas usando ainda nas ruas, então eu estranho um pouco. :O
    Mas vai que a gente tenta usar e fica fofinho? Sei lá :C

    www.quasedescolada.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, quase desisti de ouvir a música por causa daqueles 3 infinitos minutos dela falando...
    Mas, ouvi e achei legal... não demais... mas legal...
    Quem sabe?
    Bjkas
    Ótimo findi!

    ResponderExcluir
  5. Eu acho ela linda, muito linda mesmo.
    Mas não consigo ficar escutando ela cantar, não sei porque. Não gosto muito do estilo das músicas.
    bjs ;*

    ResponderExcluir
  6. Programar não é assim TÃO difícil quanto parece, só se você usar blogger, claro haha
    Mas se um dia tu quiser mudar de tema e precisar de ajuda com a codagem, tamos aí ;3

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu conheci ela no Britt Award acho que de 2010. Coloquei no Ipod e gostei muito.

    Acho a música Drums Muito forte e poderosa...

    Legal seu Blog

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. ahh, ficou lindo mesmo o cabelo dela em Sweet Child O' Mine. E nossa *-* achei a versão mais linda dessa música na voz dela. Pelo visto ela faz parte do grupo das roqueiras de verdade, né? ihulll *-*
    Postei de novo lá :D
    Beeijos, Cerise <333

    http://www.quasedescolada.com

    ResponderExcluir
  9. Ei, Cerise. Respondendo ao seu comentário: Alice é sim uma história macabra. Tanto que até hoje psicólogos, críticos,psicanalistas e sociólogos tentam descobrir o enigma de Lewis Carrol. Há a versão de adulto, em um livro da década de 50 ou 60. É igual à Chapeuzinho Vermelho: A versão original é a infantil,porém baseada na história de adultos.
    Se quiser faço um post da história de Alice macabra, será um prazer.
    Beeijos <3

    www.quasedescolada.com

    ResponderExcluir
  10. Aproveita os Drinks, na festinha de fim de ano.

    Volta com seu Blog...

    Quero saber as coisas que vc pensa.

    Bjos

    ResponderExcluir

Auto Post Signature

Auto Post  Signature